Accede o crea tu cuenta

Facebook

Google

Email

¿Has olvidado tu email o localizador?

Precisa de ajuda?

365 dias/24 horas para incidências sobre reservas

Apoio ao cliente
ou registe-se com
  • Receba ofertas, sugestões e novidades de Reserving.com
  • Acumule dinheiro com as suas reservas
  • Convide seus amigos e ganhem 10 euros cada um!
  • Visualize as suas faturas
  • Reserve de forma simples e rápida
  • Salve os seus destinos favoritos

Roteiro 3 dias em Budapeste

Budapeste é um destino para conhecer e se apaixonar. A grandeza do seu passado e os monumentos fazem o turista se encantar com esta cidade. Para visitar Budapeste em três dias tudo deve ser bem planejado, pois vai ter muito para ver. O melhor para poupar tempo é usar o transporte público. Você pode obter o cartão de Budapest Card, com muitas atrações gratuitas ou bilhetes reduzidos.

Dia 1

Budapeste foi criada no final do século XIX, pela união de Buda e Pest. O primeiro dia de nossa visita podemos dedicar para visitar a margem direita do Danúbio, onde Buda está localizado. Esta área tem uma rica herança cultural que você não pode perder.

Para chegar até Buda você pode ir a pé, ônibus ou em funicular (Budavári Siklo). A primeira coisa que você pode fazer é visitar a Igreja de St. Matthias, um exemplo de arquitetura do século XIX (devido à reforma feita em aquela data). Seu exterior vai chamar a sua atenção, mas por dentro vai se encantar ainda mais. Nós preferimos não revelar nada, é melhor descobrir por si mesmo.

Perto de lá tem um dos melhores mirantes de Budapeste, o Bastião dos Pescadores. Embora pareça uma obra gótica, pertence ao início do século XX. Vale a pena perder tempo e desfrutar das vistas da cidade de cima, mas também os detalhes deste monumento. Se você olhar, você vai descobrir sete torres, uma para cada tribo fundadora de Hungria. É especialmente bonita ao pôr ou nascer do sol.

Após uma parada para comer um prato típico do país, você estará pronto para visitar o Castelo de Buda, atualmente, ocupando suas dependências encontra-se o Museu de História de Budapeste, a Galeria Nacional da Hungria e a Biblioteca Széchenyi. Você pode aceder à qualquer um deles ou passear pelos jardins para descobrir uma bela vista de Pest e do Danúbio. Descendo, se for de noite, atravesse o pé no Chain Bridge para jantar no outro lado do rio.

Dia 2

O segundo dia você pode visitar Pest. Lá poderá descobrir o edifício mais importante da cidade o Parlamento. O Parlamento do final do século XIX é uma mistura de estilos entre os quais estão o neo-gótica e neo-românico. Dentro está a Sala de Congressos ou na Sala Coroa.

Depois do Parlamento, visite a para a Basílica de St. Stephen, onde você pode subir a cúpula para ver uma perspetiva diferente da cidade. Após o esforço, caminhe pelas nas ruas de Pest para ir para a praça Vörösmarty tér, onde você pode tomar um doce. De lá você pode caminhar ao longo da famosa rua pedonal Vaci Utca, uma rua comercial cheia de vida. Percorra as ruas tranquilamente para chegar à final e encontrar o Mercado Central. No mercado, leve a sua câmera, porque o lugar merece. Um edifício modernista cheio de movimento, onde você pode comprar comidas típicas do pais.

Para terminar o dia, conheça a Sinagoga de Budapeste, a maior da Europa. Não deixe de caminhar pelas ruas circundantes, onde você vai encontrar lojas de antiguidades e pequenos comércios. Também você descobrir os chamados "ruin bars", bares que ocupam edifícios quase inteiros. Você pode terminar o dia com uma cerveja húngara .

Dia 3

No terceiro dia, visite a Andrassy Avenue, uma rua que queria competir com Paris perla beleza (daí vem o nome de Budapeste a Paris do Leste). Você pode caminhar de ponta a ponta mas, saiba que tem 3 quilômetros pela frente. Ao longo da avenida você vai encontrar belos edifícios, como a Opera House ou a Casa do Terror. Este último foi aberto como um museu e mostra como o povo húngaro lutou frente ao nazismo e comunismo na historia recente de Budapeste. Em seu caminho, você pode descansar em algum dos cafés ( incluindo a histórica Cafe Lotz).

No final da rua a Praça dos Heróis, dedicado ao passado húngaro do país. A praça, junto com a Avenida foram declaradas Património Mundial pela UNESCO. Depois visite o Parque Városliget, um dos primeiros parques públicos criados no mundo. Dentro do parque conheça o Spa Széchenyi, aqui você pode se relaxar neste Spa que abriu em 1913, uma forma de fechar com chave de ouro a sua viagem.

Ofertas mais consultadas

Ver mais

Usamos cookies, próprios e de terceiros, para melhorar os nossos serviços, otimizar a sua visita e oferecer publicidade relacionada com as suas preferências através de análises de seus hábitos de navegação. Se seguir navegando, consideramos que aceita seu uso. Mais informação

Cerrar
↑