Amsterdão

Amsterdão, a capital holandesa, reflete na perfeição o espírito liberal, empreendedor e dinâmico da Holanda. Cidade plana, como o resto do país, ela inclui em seu centro histórico uma rede de canais, construída no século XVII, que permitiram regular as águas marinhas e servir de defesa contra invasores. Hoje, os turistas pedalam romanticamente em suas margens.

Encontrar hotéis em Amsterdão é fácil. O Seven One Seven representa o máximo do luxo e alto padrão, com os empregados atuando quase como mordomos dedicados ao conforto máximo dos clientes. O College Hotel é, como o nome indica, um estabelecimento escolar de formação de profissionais em turismo, e apesar de sua juventude eles prestarão o serviço mais dedicado e profissional. O Stay OK Vondelpark é o hostel perfeito para aproveitar a visa noturna de Leidesplein, uma das praças mais animadas do centro da cidade. E numa cidade histórica como a capital neerlandesa não podia faltar um bom hotel histórico, instalando em uma casa de mercador do século XVIII, e com vistas para os canais: o Seven Bridges. Mas se está à procura de apartamento, porque não tentar uma estadia bem original? Procure o Houseboat Hotel e fique em um apartamento flutuante: um barco, equipado com cozinha, internet e tudo o mais como qualquer outro estabelecimento!

A lista de monumentos e atrações turísticas é quase infinita e exigiria ao turista muitas visitas para conhecer em detalhe. O Rijkmuseum, o museu nacional da Holanda, merece certamente uma visita. Se tem uma preferência por algum pintor holandês, Rembrandt e Van Gogh têm seus museus próprios na cidade, também. A tolerância religiosa do país pode ser confirmada na mesquita El Tawheed, fundada em 1986, ou na sinagoga portuguesa, fundada em 1670 pela mesma comunidade judaica portuguesa que fundou a sinagoga Kahal Zur Israel no Recife, Pernambuco.

Apesar de sua fama de cidade liberal, devido aos famosos Red Light District, a cidade é na verdade muito clara no cumprimento das leis, e é por isso uma cidade onde é agradável passear e circular.

Se vai viajar na primavera, não deixe de visitar o Keukenhof, o maior jardim do mundo, com mais de 4 milhões de tulipas, a flor que se tornou símbolo da Holanda! Mas esse espetáculo incrível só está disponível entre Março e Maio.

E há um costume que o turista não pode perder: a bicicleta. Procure um aluguel de bicicleta e circule, tal como os holandeses, pedalando por todo o lado. Não será difícil chegar rápido - e depois imagine como seria em sua própria cidade! Amsterdão pode ser assim não só uma estadia interessante e relaxante como uma fonte de inspiração!